• Victor Oliveira

Com mais de 40 atrações na Cidade das Crianças e Rua de Lazer, ‘Dia de Brincar’ conquista o público

No Dia de Brincar, 12 de outubro, mais de 40 atrações preparadas especialmente para o público infantil tomaram conta do parque Cidade das Crianças e da Rua de Lazer, em São Caetano do Sul. O evento foi realizado pela Secretaria de Cultura (Secult) e pelo Conselho Municipal de Política Cultural (Concult) em parceria com a Prefeitura Municipal.


A extensa e diversificada programação cultural proporcionou a geração de trabalho e renda em um só dia a cerca de 320 artistas e técnicos envolvidos nas atividades, atendendo a um público estimado de cinco mil pessoas que passaram pelo local e puderam contribuir com aproximadamente 200 kg de alimentos, destinados ao Fundo Social de Solidariedade do município.

Famílias inteiras entraram no clima da diversão com muita música, dança, teatro, arte, jogos e brincadeiras. No parque, uma arena de apresentações e sete quiosques temáticos, com oficinas culturais, monitoria de artes visuais, games e atividades de leitura e literatura garantiram a recreação da garotada. Na Rua de Lazer, intervenções animadas, brinquedos infláveis e food trucks.


“Estamos retornando da fase mais crítica da pandemia, em um ambiente ao ar livre. E este evento é o que queremos neste momento para a garotada: que ela cresça com muita arte, cultura, escola e saúde”, declarou o prefeito Tite Campanella.

Segundo a secretária de Cultura, Liana Crocco, “tudo isso só foi possível graças à parceria entre a Secretaria de Cultura, a Prefeitura e vocês: os pais que trouxeram as crianças e estão respeitando este ambiente adotando as medidas sanitárias para a retomada das atividades com segurança. A Secult tem se dedicado muito para realizar eventos ao ar livre como este, para garantir conforto e segurança a todos nós.”


Junto a mais 11 integrantes, o artista Welisson Guedes, do Baque CT, conduziu o Cortejo de Maracatu pela avenida Presidente Kennedy: “O público participou da atividade conosco durante todo o trajeto, por uma hora inteira. Tem gente que nos acompanha desde o Carnaval de 2019. A receptividade das pessoas aqui presentes transmite uma energia que cativa, que incentiva. Por isso o retorno é importante, trazer a arte para a rua é importante”, comentou.

Isadora e Sofia, ambas com 6 anos, participaram da aula de dança no Quiosque das Oficinas Culturais e também da contação de histórias com origami e pinturas no papel, no Quiosque da Alegria. “Eventos assim, a céu aberto, são importantes. As atividades são criativas, fazem muito bem para nós, pais e mães, além das crianças”, relata Roqueline Rodrigues, a mãe da Isadora. “É importante para a saúde mental das crianças, desestressa”, complementou Jéssica Carvalho, com a filha Sofia.

eliane-silex-preto-po-90x90cm-01.jpeg.png