• Jorge Lordello

SE RECEBER PROPAGANDA COM LINK ENCURTADO, NÃO ABRA



Recebemos diariamente mensagens contendo links com algum tipo de promoção através de SMS, e-mail, WhatsApp e até via redes sociais. É uma enxurrada de propagandas que são, infelizmente, bastante difíceis de bloquear.

A porca começa a torcer o rabo quando essas mensagens são enviadas por bandidos digitais objetivando causar algum tipo de prejuízo, geralmente financeiro. Alerto o amigo leitor para com os chamados “links encurtados”, que são enviados com o intuito de facilitar o compartilhamento.


O link encurtado não permite se visualizar rapidamente o endereço original enviado, pois o encurtamento é feito com letras e números aleatórios.

Quando o link é o original de quem enviou, o internauta tem como checar se o endereço eletrônico é de empresa conhecida ou não. Já o link encurtado será sempre um risco, pois ao clicar, o leitor poderá permitir a entrada de vírus em seu computador ou celular. Antes de clicar em qualquer link recebido, respire profundamente e faça o que chamo de análise de segurança, ou seja, devo ou não acessar esse link.

Em relação aos chamados links encurtados, não recomendo abertura, pois empresas idôneas usam endereço eletrônico completo. Se, porventura, o leitor recebeu e-mail completo, veja se existe algo de estranho que descaracterize o e-mail original da empresa remetente.

Vamos a um exemplo prático: suponha que determinada empresa possua o endereço www.megaleilaovirtual.com.br. No entanto, ao receber mensagem publicitária desse endereço, você repara que o link é www.megaleilaovirtual.net ou www.megaleilaovirtual.com.

Esses links possuem pequena variação do endereço original, denotando, assim, a existência de golpistas tentando te prejudicar. Se isso acontecer, delete imediatamente a mensagem e jamais tenha a curiosidade de abrir, mesmo se a tentação for grande.

eliane-silex-preto-po-90x90cm-01.jpeg.png