• Redação

Santo André inicia toque de recolher nesta segunda

Ônibus municipais terão circulação suspensa entre 22h e 4h até o dia 14 de junho

A cidade de Santo André adotará a partir desta segunda-feira (31) toque de recolher que irá suspender o funcionamento do transporte coletivo municipal das 22h às 4h. A medida será válida até o dia 14 de junho.

A circulação de pessoas e veículos ficará restrita no mesmo horário, das 22h às 4h, com exceção dos casos de necessidade, urgência e emergência. Neste período, todas as atividades econômicas e sociais ficam suspensas, com exceção do serviço de delivery, que poderá operar até meia-noite.

“A adoção das medidas restritivas e do toque de recolher se faz novamente necessária para conter a disseminação do vírus e manter a capacidade hospitalar instalada, sem sobrecarregar o sistema de Saúde, até que os números recuem novamente”, afirmou o prefeito Paulo Serra.

Até 14 de junho está permitido o funcionamento das atividades comerciais, não essenciais, na forma presencial, no horário das 6h às 21h, observando-se o limite de 40% de ocupação da capacidade total, para restaurantes e similares; salões de beleza e barbearias; atividades culturais; academias, escolas de dança e similares; clubes sociais. eventos sociais em estabelecimentos privados; shopping centers, comércios de rua, galerias comerciais e mini shoppings.

Os restaurantes e similares, após as 21h, poderão funcionar no sistema delivery até a meia-noite. Está autorizado o funcionamento das atividades religiosas de qualquer natureza, até o horário das 21h, observando o limite de 40% de ocupação da capacidade total.

A Prefeitura recomenda que deverão permanecer, preferencialmente em teletrabalho, as atividades administrativas não essenciais. Os parques municipais seguirão funcionando das 6h às 18h. O toque de recolher é uma medida de prevenção tendo em vista o aumento nos casos de coronavírus na região. A Prefeitura entende que são necessárias medidas preventivas para frear o avanço da pandemia, mesmo que a cidade tenha atualmente índices de ocupação de leitos sob controle.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI em Santo André, considerando hospitais públicos e privados, está em 64%. A ocupação dos leitos de enfermagem públicos e particulares está em 51%.

eliane-silex-preto-po-90x90cm-01.jpeg.png