• Jorge Lordello

PRESTE ATENÇÃO NOS SINAIS EXTERIORES QUE GERAM PREOCUPAÇÃO OU MEDO


Imagine um homem ciumento que desconfia de quase tudo que a namorada faz. Muitas mulheres aceitam a importunação gerada pelo ciúmes exagerado do parceiro, que em determinados casos chega a querer controlar até o tipo de roupa que a companheira deve usar.


Certa vez, uma amiga me disse que o ciúmes do namorado era uma demonstração do quanto ele gostava e se preocupava com ela. Não é bem assim. A experiência mostra que pessoas ciumentas, de ambos os sexos, tendem a trair os parceiros com quem mantêm relacionamento afetivo. Como têm o hábito de praticar a traição, como consequência, acham que as outras pessoas também são assim.

O que o leitor acha dessa correlação? Reflita sobre o antigo ditado popular: “O bom cobrador, geralmente, é mal pagador”. Eu concordo em gênero, número e grau com essa afirmação. Quem cobra de forma insistente e ferrenha, geralmente, é lento na hora de saldar seus compromissos. Vamos a outro jargão: “Quanto maior a bondade numa pessoa, menos ela desconfia da maldade dos outros”. Também concordo com esse pensamento. A tendência é que pessoas boas enxerguem bondade também nos outros. Qual sual opinião?

Amigo leitor, preste atenção no comportamento das pessoas com quem você se relaciona afetivamente, sexualmente e profissionalmente. Busque verificar o que chamo de “sinais exteriores de preocupação ou atenção”. São atitudes que chamam a atenção pelo radicalismo, pela insistência, pelo medo, por espanto ou outro sentimento que incomoda. Esses sinais exteriores podem revelar, e muito, sobre a personalidade da pessoa.

Mas qual a importância disso Lordello? Sabendo melhor com quem você está lidando ou se relacionando, poderá tomar medidas para terminar um relacionamento, não concluir um negócio, não manter contato próximo com quem demonstra sinais de violência e etc.

eliane-silex-preto-po-90x90cm-01.jpeg.png