• Redação

Prefeitura e GM estreitam laços para o progresso de São Caetano


O prefeito de São Caetano do Sul, Tite Campanella, recebeu a visita do diretor de Relações Governamentais da General Motors para a América do Sul e do vice-presidente da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), Adriano Barros. No encontro, realizado na manhã desta quarta-feira (19/5), no Palácio da Cerâmica, o chefe do Executivo agradeceu as doações da montadora em prol das famílias em situação de vulnerabilidade da cidade (agravada pela pandemia), e projetou o cenário de retomada econômica do município.

“Temos olhar muito atencioso à economia. Nosso objetivo é facilitar a atividade empresarial e industrial, para que tenham a maior liberdade possível e, com isso, gerem emprego, renda e riqueza para a nossa cidade e a nossa população”, ressaltou Tite Campanella. “Tem sido assim com a GM, com o comércio e com todos que, com o seu trabalho, contribuem para o progresso de São Caetano.”

O prefeito exaltou parcerias recentes com a montadora. Além de doar 550 cestas básicas, repassadas às famílias mais impactadas pela pandemia, a GM emprestou 18 veículos para a realização do Programa Disque Coronavírus, de testagem domiciliar.

Acompanhado do gerente sênior de Relações Governamentais da GM, Daniel Caramori, Adriano Barros colocou a montadora à disposição para novas parcerias, e recordou o ProAuto (Programa de Incentivo à Indústria Automobilística), criado pela Prefeitura, em 2019, concedendo benefícios fiscais e tarifários.

“Costumo dizer que não existe uma bala de prata que seja a solução para todos os nossos desafios, mas o ProAuto se soma a um conjunto de fatores que certamente contribuem na melhoria da nossa competitividade no setor”, afirmou Barros.

O diretor expôs as dificuldades enfrentadas pela montadora durante a pandemia, em que teve de suspender parte da produção, afetando o cronograma de lançamentos. No entanto, garantiu que, apesar dos atrasos, todos estão mantidos, e projetou investimentos em novas tecnologias, com carros elétricos e autônomos.

“Podem parecer distantes da nossa realidade, mas estão avançados. Queremos lançar um carro elétrico por ano no Brasil a partir de 2022”, revelou Barros.

NOVA PICAPE

Dentro dos novos investimentos está a produção de uma nova picape na fábrica de São Caetano. Está em fase de desenvolvimento e será a próxima integrante da nova família de veículos globais da Chevrolet, já composta pelas atuais gerações de Onix, Onix Plus e Tracker.

A nova picape integra o atual ciclo de investimentos da montadora, que prevê o aporte de R$ 10 bilhões até meados desta década no Estado de São Paulo. O valor é destinado à renovação do portfólio e ao desenvolvimento de novas tecnologias.

Atualmente, a GM produz em São Caetano o hatch Joy, o sedã Joy Plus, a minivan Spin e o utilitário esportivo (SUV) Tracker.

DOAÇÕES

Além do Instituto GM, outras 11 empresas e entidades já doaram para a Prefeitura, que repassa às famílias em situação de vulnerabilidade social. No total, já são 1.200 cestas básicas e 16 toneladas de alimentos.

O trabalho é coordenado pela assessora de Desenvolvimento Institucional da Prefeitura, Lilian Fernandes, que participou da reunião com os representantes da GM.

Também já doaram: Atlética Geral USCS, Bellface Perfumaria, Coop, Curaprox Brasil, Delícia Doceria, Evas Perfumaria, Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, Manserv, Mdias Branco (Adria), Senhora Adega e Sphera Centro de Movimento.

A população pode doar nos postos de arrecadação do Drive Thru Solidário, onde já foram arrecadadas outras 22 toneladas de alimentos.

eliane-silex-preto-po-90x90cm-01.jpeg.png