• Kako Vasconcelos

Prefeitura de São Bernardo reduz intervalo de vacinação contra Covid-19 para adolescentes

Prefeitura de São Bernardo reduz intervalo de vacinação contra Covid-19 para adolescentes


Segunda dose da vacina da Pfizer passa a ser aplicada 21 dias após a primeira dose a partir desta terça-feira (16/11) nas 33 UBSs da cidade

A Prefeitura de São Bernardo reduziu o tempo de aplicação da segunda dose da vacina da Pfizer contra a Covid-19 em adolescentes. A partir desta terça-feira (16/11), os jovens com idade entre 12 e 17 anos poderão receber a segunda dose do imunizante a partir de 21 dias após a aplicação da primeira dose e não mais a partir de 56 dias, conforme previa o calendário antigo. A medida visa antecipar a proteção dos vacinados e ampliar a cobertura vacinal do município.

A ação segue orientação do Plano Estadual de Imunização (PEI), que já havia permitido a antecipação do intervalo de aplicação entre a primeira e segunda dose da vacina da Pfizer contra a Covid-19 de oito para três semanas para a população adulta desde outubro. Em São Bernardo, o novo cronograma para a população maior de 18 anos está valendo desde 20 de outubro.

Para o prefeito Orlando Morando, toda ação que tenha o objetivo de acelerar a campanha de vacinação contra o Coronavírus é bem-vinda. “Está mais do que comprovado que a vacinação tem sido a forma mais eficaz de combater essa pandemia. Conforme nossa cobertura vacinal é ampliada, observamos queda nos casos confirmados, nos pacientes internados e nas mortes por Covid-19”, diz.

Dr. Geraldo Reple Sobrinho, Secretário de Saúde de São Bernardo, observa que a antecipação da segunda dose da vacina da Pfizer para adolescentes segue indicação da bula do imunizante. “Vacinamos, até o momento, 56.564 jovens com a primeira dose e 23.951 com a segunda dose, o que corresponde a 94% de cobertura vacinal com a primeira dose e 40% com a segunda dose. Nossa meta é ampliar esse percentual o quanto antes”, destaca.

OUTROS IMUNIZANTES – O prazo mínimo de aplicação entre a primeira e segunda dose da vacina da Astrazeneca é de 56 dias (oito semanas) e, no caso da Coronavac, o intervalo mínimo é de 14 dias.

AGENDAMENTO – Em São Bernardo, todo o processo de vacinação contra a Covid-19 é realizado mediante agendamento pelo site www.saobernardo.sp.gov.br/web/coronavirus ou por meio do APP São Bernardo na Palma da Mão. A aplicação das doses está sendo realizada em todas as 33 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), das 8h às 17h, sendo que em 20 delas o procedimento também pode ser agendado para ocorrer no período noturno (das 17h às 21h).

TERCEIRA DOSE – A população idosa, com idade a partir de 60 anos e que tenha sido imunizada com a segunda dose contra o Coronavírus há mais de seis meses, pode procurar uma das 33 UBSs para a aplicação da chamada dose de reforço, neste caso, sem necessidade de agendamento. O mesmo vale para os profissionais da Saúde. Já os pacientes imunossuprimidos podem receber a dose de reforço com intervalo de 28 dias após a segunda dose.

DOCUMENTOS – No ato da imunização contra a Covid-19, a pessoa deve levar um documento de identificação, comprovante de agendamento e, no caso de segunda e terceira doses, comprovantes de vacinação das etapas anteriores. Já os jovens de 12 a 17 anos precisam estar acompanhados por um responsável maior de 18 anos.

eliane-silex-preto-po-90x90cm-01.jpeg.png