• Redação

Operação Inverno distribui mais de 800 roupas e 170 cobertores para pessoas em situação de rua em SA

Itens estão sendo entregues desde 24 de maio; massa de ar frio pode levar cidade a ter mínima de 5 °C neste fim de semana


A Operação Inverno já distribuiu 814 peças de roupa e 174 cobertores para pessoas em situação de rua desde 24 maio, quando a iniciativa foi lançada pela Prefeitura de Santo André. Neste período, foram entregues 1.551 máscaras e 392 kits com lanches.

O objetivo inicial das equipes da Secretaria de Cidadania e Assistência Social é convencer as pessoas em situação de rua a dormirem nos albergues da Prefeitura, especialmente nos dias mais frios. Neste final de semana, por exemplo, está prevista a chegada de uma massa de ar frio que irá avançar pelo Estado, o que pode levar a cidade a ter mínimas de até 5 °C.

Para os que não aceitam passar a noite nos albergues, são distribuídos kits com lanche, roupas, cobertores, além de máscaras de proteção. Os abordados realizam higienização com álcool em gel e são informados sobre o coronavírus e a importância de evitar aglomerações e manter a higiene em dia.

Entre as peças e calçados distribuídos, a maior demanda é para roupas masculinas tamanho G, calçados masculinos tamanho 42, roupas femininas tamanho M e calçados femininos tamanho 37. Os munícipes podem fazer doações para a Campanha do Agasalho, do Fundo Social de Solidariedade, em uma das Lojas Solidárias, localizadas nos shoppings ABC, Atrium, Grand Plaza e Shoppinho Santo André. Outro ponto de arrecadação é o Banco de Alimentos, que fica na avenida dos Estados, 2195. Todos os pontos de vacinação drive-thru da cidade também recebem doações.

“Todos os canais de atendimento disponíveis têm como principal objetivo aproximar a população de quem mais precisa de ajuda, principalmente neste momento de pandemia. Com o auxílio dos munícipes que ligam ou mandam mensagem informando a localização exata das pessoas em situação de rua, nossas equipes chegam mais rápido e conseguem acolher a todos”, afirmou o secretário de Cidadania e Assistência Social, Marcelo Delsir.

Atualmente o município conta com 180 vagas em abrigos, podendo ser ampliada esta oferta em caso de necessidade, através de espaços emergenciais. Todos os que aceitam os serviços da Assistência Social recebem atendimento técnico, espaço para banho e higiene pessoal, alimentação, agasalhos e local para pernoite com camas e cobertores.

A cidade conta também com um abrigo destinado a pessoas em situação de rua para pessoas em grupo de risco da Covid-19, onde os usuários que desejarem estadia permanente são direcionados. O alojamento especial funciona no Estádio Bruno Daniel e conta no momento com 50 abrigados.

Contato - A Prefeitura disponibilizou um número de WhatsApp, onde os munícipes podem informar a localização do morador em situação de rua, para que a equipe possa realizar a abordagem, oferecendo os serviços. O número de telefone para envio de mensagens é o (11) 93342-4178 e funciona 24 horas.

Além do WhatsApp, os munícipes podem ajudar informando a Prefeitura caso encontrem pessoas em situação de rua, ligando para os telefones 4427-6207 ou 4432-2182, de segunda a sexta, das 8h às 17h. Há ainda os números 94734-7319 e 94715-0052, que atendem ligações 24 horas. Outra opção é ligar para o COI (Centro de Operações Integradas) pelo telefone 199.


eliane-silex-preto-po-90x90cm-01.jpeg.png