• Pretty Woman - Notícia e sensualidade

Natasha Steffens lembra cenas curiosas em clube de naturismo onde grava seus conteúdos



Musa do OnlyFans, Natasha Steffens viralizou nas redes sociais ao assumir que mora e grava seus conteúdos sensuais em clube naturismo no sul do país. De família naturista, ela coleciona momentos inusitados e cenas curiosas no local. E mostrando seu lado mais sexy para seus fãs e assinantes, consegue faturar em média R$ 40 mil por mês, um avanço e tanto para quem era frentista no passado e ganhava um salário de R$ 1.200.


“Vender nudes mudou minha vida. Hoje consigo aproveitar mais, viajar, ter tempo para a minha família e fazer uma coisa que realmente gosto. Porque eu sou exibicionista, gosto de sensualizar para os outros”, afirma. “São tantos momentos curiosos no clube. Primeiro que a regra geral é andar pelado o tempo todo. Ou seja, todo mundo vai sem roupa para o mercado e para o restaurante, por exemplo. As pessoas acham isso surreal, e eu me divirto”, conta aos risos.



No clube, a nudez é obrigatória em todas as áreas comuns, incluindo praia, quadra de esportes e praça. São nesses espaços que moradores se encontram com visitantes. E por conta disso, acontecem cenas incomuns. “Muitos homens que vão pela primeira vez ficam mais animadinhos (risos), e isso não pode. A regra não permite que ninguém fique excitado em público, isso gera expulsão. Já vi isso acontecendo na praia, a pessoa fica toda sem jeito e tem que se esconder. Acaba sendo meio engraçado”, conta.


Natasha inclusive já viu visitantes sendo expulsos do clube por conta disso. E conta que para os naturistas de verdade, aqueles que moram no clube, a excitação é difícil de acontecer porque andar pelado se tornou muito comum. “As pessoas ficam impressionadas e surpresas quando falo que sou naturista. Acho isso engraçado. É um estilo de vida e não putaria, rola uma confusão infelizmente. Mas somos pessoas normais, que respeitamos a natureza e nossa comunidade. E que não enxergamos maldade na nudez”.


Entre outras cenas inusitadas, Natasha lembra do início de um relacionamento, quando seu namorado conheceu seu pai pelado. Além disso, coleciona histórias da adolescência. “Meu namorado viu meu pai sem roupa logo de cara (risos). Foi uma cena diferente e até constrangedora para ele, mas natural para a gente. Meus amigos nem iam no meu aniversário quando era mais nova porque achavam que todos ficariam pelados. Era bem engraçado”, lembra rindo.


Fotos: Divulgação

eliane-silex-preto-po-90x90cm-01.jpeg.png