• Redação

Junto com pais de alunos, Tite Campanella visita obras do Complexo Escolar Eda Mantoanelli


O prefeito de São Caetano do Sul, Tite Campanella, visitou nesta quarta-feira (26/5) as obras da EMEF (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Professora Eda Mantoanelli, no Bairro Santa Maria, e ficou bastante satisfeito com o andamento das intervenções. “A reforma vai de vento em popa, com entrega prevista para o final do ano. A construção foi totalmente modificada, resultando num complexo escolar de 10 mil metros quadrados. Será uma escola para a gente se orgulhar”, celebrou.

Além dos secretários de Obras e de Educação (Maria de Lourdes da Silva e Fabricio Coutinho de Faria, respectivamente), cerca de 20 integrantes da Associação de Pais e Mestres (APM) da escola acompanharam o prefeito na visita. “A APM do Eda é muito ativa e tem acompanhado a obra desde o início”, elogiou o secretário de Educação.

A revitalização e ampliação da EMEF Eda Mantoanelli é a maior obra da Prefeitura em termos de volume de construção e recursos investidos na área da Educação. São quase R$ 20 milhões, dinheiro que está garantido por linha de crédito e disponível nos cofres da Prefeitura, não dependendo da arrecadação.

PARCERIA

Para os integrantes da APM, a reforma do Eda é a conquista de um sonho que começou a ganhar contornos de realidade em 2017. “Até então, os moradores de São Caetano tinham o Eda como última opção de escola. Apesar de ter um espaço excelente, o prédio já não apresentava estrutura para receber os alunos. Havia problemas hidráulicos, elétricos e até salas interditadas. Os pais se assustavam quando viam”, conta Fábio dos Santos, integrante da APM.

Os pais resolveram se mobilizar. Organizaram eventos para arrecadar dinheiro, financiaram reparos mais urgentes e buscaram o apoio da Prefeitura. Foram ouvidos e, dessa parceria, resultou o projeto grandioso que agora caminha para a fase de conclusão.

“Uma APM forte, de pais dedicados, que se envolvem, é um grande diferencial”, pontua Márcia Keller, mãe de três meninas de séries diferentes que, agora, com a criação do Complexo Escolar (com a inclusão de nova unidade de Educação Infantil à tradicional escola de Ensino Fundamental), poderá ter as filhas estudando no mesmo endereço.

Os membros da APM também atribuem a concretização do projeto do Eda ao empenho da equipe da Secretaria de Educação e, em particular, da diretora Antonieta De Simone, presente em cada ação em favor da unidade escolar – uma das mais antigas de São Caetano do Sul, inaugurada em 1968.

Na visita à escola, os pais e alunos esbanjavam contentamento. “A escola nem está pronta e já está linda”, resumiu Rose Mendonça.

eliane-silex-preto-po-90x90cm-01.jpeg.png