• Redação

Guarda Civil Municipal de São Bernardo acaba com festa irregular com mais de 500 pessoas

Ocorrência foi encaminhada ao Departamento Estadual de Investigações Criminais; chácara às margens da Represa Billings, na região do Riacho Grande, era o local do encontro


A Guarda Civil Municipal (GCM) de São Bernardoacabou na tarde desta quarta-feira (10/03) com uma festa irregular, que estava sendo realizada em uma chácara, situada às margens da Represa Billings, na região do Riacho Grande. Cerca de 500 jovens, em sua maior parte sem máscara, foram flagrados aglomerados e consumindo bebidas alcoólicas. O flagrante ocorreu após trabalho investigativo da Secretaria de Segurança Urbana de São Bernardo que, durante monitoramento nas redes sociais, encontrou postagens com divulgação do evento.

Leia mais Com apoio de barcos da Guarda Ambiental, agentes de segurança chegaram à festa irregular por volta das 16h. Ao entrarem na propriedade, frequentadores da festa esboçaram uma fuga em massa do local, porém sem sucesso. Realizada em propriedade particular situada na Estrada do Hawai, a festa irregular foi divulgada nas redes sociais como “Quarta Loka”. "Estamos com fiscalização intensa e atuando de forma incisiva contra este tipo de organização. A situação no município, assim como todo o Estado e País, é de extrema gravidade, mas muitas pessoas insistem em realizar ações como esta, que expandem ainda mais o vírus", destacou o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando. De acordo com os números divulgados ainda nesta quarta-feira pela secretaria municipal de Saúde, São Bernardo registra 92% de ocupação de UTI-Adulto, um dos maiores índices atingidos desde o início da pandemia. MAIS DA OCORRÊNCIA - Aproximadamente 70 veículos e ao menos 10 jet-skis foram encontrados dentro da propriedade onde a festa estava sendo realizada. Todos os frequentadores foram qualificados. A ação desencadeada pela Guarda Civil Municipal de São Bernardo faz parte do trabalho de fiscalização que a Prefeitura tem promovido em todo território da cidade durante a Fase Vermelha do Plano São Paulo. A chácara foi periciada pela Polícia Científica. Ainda no início da noite, a Guarda Civil Municipal, com apoio de ônibus, transportou os frequentadores até a sede do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), situado nas dependências do Centro de Operações Integradas de São Bernardo (COI), onde a ocorrência será registrada. "Temos que seguir com atuação reforçada, porque, infelizmente, muitas pessoas não estão cumprindo as determinações de restrições. Vamos seguir com fiscalização constante pelas ruas para evitar mais episódios como este", pontuou o secretário de Segurança Urbana, Coronel Carlos Alberto dos Santos.

eliane-silex-preto-po-90x90cm-01.jpeg.png