• Redação

Fundo Social de S. Bernardo recebe doação de 850 cestas e kits de limpeza

Os kits foram arrecadados pela Polícia Civil


O Fundo Social de Solidariedade de São Bernardo (FSS) recebeu nesta quinta-feira (27/05) mais uma importante contribuição da sociedade civil. Desta vez, após mobilização realizada por seus servidores, a Delegacia Seccional da Polícia Civil de São Bernardo promoveu nesta manhã doação de 800 cestas básicas e 50 kits de higiene pessoal e limpeza.


Os kits foram entregues em cerimônia simbólica realizada na sede da Polícia Civil do município com a presença do prefeito Orlando Morando, do delegado seccional de São Bernardo, Dr. Ronaldo Tossunian e representantes das sete entidades do terceiro setor que foram contempladas com as doações.

“Neste momento tão difícil que atravessamos, em meio à pandemia, a solidariedade tem sido uma grande marca de nossa cidade. Prova disso é esta grande doação feita pela Polícia Civil de São Bernardo, de 850 cestas básicas, que serão distribuídas às entidades do terceiro setor do município. Quero aqui registrar meu agradecimento a todos da corporação pela contribuição que, seguramente, ajudará centenas de famílias”, afirmou o chefe do Executivo.


As cestas arrecadadas pela Polícia Civil foram entregues nesta manhã, por meio do Fundo Social de Solidariedade, para as seguintes entidades de São Bernardo: Criança Vida Nova (Jardim das Orquídeas), ABSC (Alvarenga), ASSISBRAC (Jardim Industrial), Semea (Riacho Grande), Instituto Geração Futura (Demarchi), Instituição Emmanuel (Assunção) e Irmão Palminha (Planalto).


“Para nós da Seccional de São Bernardo, do Departamento de Polícia Judiciária da Macro São Paulo (Demacro), do Departamento de Narcóticos e da iniciativa privada, que também esteve presente nesta campanha, é uma honra poder contribuir com a população da cidade neste momento tão difícil da pandemia. Isso reforça o compromisso da corporação com o bem estar de todos”, sintetizou o delegado seccional, Ronaldo Tossunian.


CONTRIBUIÇÃO – Coordenadora administrativa do Instituto Geração Futura, Simone Alves, destacou a importância da doação feita pela Polícia Civil. Segundo ela, com a contribuição da corporação, a entidade conseguirá atender cerca de 50% das 500 famílias cadastradas na instituição. “São famílias que moram no Divinéia, Ipê e Fátima, que com a pandemia penderam renda e hoje encontram dificuldades no orçamento. Seguramente, essas cestas farão muita diferença no dia a dia desses moradores, garantindo o alimento em suas mesas”, disse.

eliane-silex-preto-po-90x90cm-01.jpeg.png