• Kako Vasconcelos

Escola Municipal de Bailado Laura Thomé realiza espetáculo de formatura



Nesta sexta e sábado (26 e 27/11), ocorre a solenidade de formatura das alunas do 9º ano do curso de ballet clássico da Escola Municipal de Bailado ‘Laura Thomé’, de São Caetano do Sul. O espetáculo terá apresentação das bailarinas das turmas dos 7º, 8º e 9º anos, com coreografias de Cleonice Boareto, Elen Araujo e Sandra Amaral.

O evento será no Teatro Santos Dumont em três sessões: no dia 26 (sexta-feira) às 19h, e 27/11, sábado, às 15h e às 18h. A direção geral é de Sandra Amaral. Os ingressos estão esgotados.

A Escola Municipal de Bailado “Laura Thomé”, localizada à rua João Ramalho, 100, no Bairro Boa Vista, há 55 anos ininterruptos oferece aulas gratuitas de balé clássico a crianças e jovens da cidade. O equipamento é vinculado à Secretaria Municipal de Cultura (Secult). O curso tem a duração de nove anos. Sob a direção de Sandra Amaral, a instituição conta com o trabalho das professoras Camila Veronesi, Cleonice Boareto, Daniela Betti, Elen Araujo, Tatiana Ciccacio e Valéria Savassa. Novas inscrições serão abertas entre 29/11 a 2/12 (informações pelo telefone 4233-7672).

Durante as fases mais restritivas da pandemia, as aulas foram mantidas de maneira online. Enquanto isso, a escola passou por uma ampla reforma realizada pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Sesurb). As aulas presenciais foram retomadas no início de agosto.

55 anos de história ininterrupta

Com as atividades iniciadas em 1966, em parte das dependências da antiga Concha Acústica, que ficava ao lado de onde está localizada atualmente a Câmara Municipal, a Escola Municipal de Bailado tinha seis professores, assim como hoje. Dentre os quais, Cleusa Escanho, que foi a primeira diretora, por 18 anos. Depois vieram Denise Namur, Sandra Amaral (a atual diretora, à frente da Escola de Bailado por 28 anos) e Audrey Ferranti, todas grandes bailarinas.

A instituição foi criada em dezembro de 1965, por meio do Decreto 2.603/1965, como Curso Municipal de Balé. A denominação atual foi adquirida 43 anos depois, por força de um novo Decreto: 9.706/2008. O nome atual foi adquirido em homenagem à professora de balé Laura Thomé Tomareveski, falecida tragicamente em 1983, em razão de um assalto ocorrido em um estabelecimento bancário da cidade.

eliane-silex-preto-po-90x90cm-01.jpeg.png