• Redação

Escola Livre de Teatro inicia semestre com atividades abertas

Programação gratuita, nos dias 9, 11 e 13, será realizada pela plataforma Zoom

A Escola Livre de Teatro (ELT) de Santo André dá início à agenda do segundo semestre com uma série de atividades abertas ao público geral. A escritora Leda Maria Martins abre a programação nesta segunda-feira (9), com 'Teatro e coletividades, uma ética da escuta'. Na quarta-feira (11) a cantora e compositora angolana Jéssica Areias falará sobre sua trajetória em ‘Contos e cantos com Jéssica Areias’. E o Coletivo O Bonde encerra a semana na sexta-feira (13) com o espetáculo ‘Desfazenda – me enterrem fora desse lugar’. Devido à pandemia do novo coronavírus, os encontros gratuitos serão pela plataforma Zoom, sempre às 19h30.

No encontro desta segunda, a escritora, ensaísta, dramaturga e professora aposentada da Universidade Federal de Minas Gerais Leda Martins buscará explorar possíveis relações entre o teatro e as experiências com as coletividades, propondo algumas reflexões sobre as diferenças e deslocamentos entre a prática teatral e as performances rituais. O encontro, às 19h30, será pelo link: https://us02web.zoom.us/j/8312075254. Meeting ID: 831 207 5254 e passcode: 598563.

Na quarta-feira, será realizado ‘Contos e cantos com Jéssica Areias’. Jéssica é cantora, compositora e preparadora vocal angolana e há 12 anos vive em São Paulo. No encontro a cantora, compositora e preparadora vocal angolana falará sobre sua trajetória, os vínculos criativos entre Angola e Brasil. Outros temas a serem abordados serão música e decolonização, processos pedagógicos musicais e a relação com o território do Clube de Campo, em Santo André, cidade onde mora há um ano. Neste dia o encontro será às 19h30 pelo link: https://us02web.zoom.us/j/8312075254. Meeting ID: 831 207 5254 e passcode: 598563.

E o Coletivo O Bonde fecha a programação da semana na sexta-feira com a apresentação do espetáculo ‘Desfazenda – me enterrem fora desse lugar’, seguido de debate. Em sua segunda montagem o coletivo concentra sua ação na história de personagens 12, 13, 23 e 40, pessoas pretas foram salvas da guerra por um padre branco quando eram crianças. Elas vivem numa fazenda supervisionadas pelo personagem Zero. É a primeira direção da Roberta Estrela D’Alva fora do Núcleo Bartolomeu de Depoimentos e a direção musical é da atriz, compositora e DJ Dani Nega.

O Bonde é um coletivo de teatro formado por artistas negros e periféricos, oriundos da Escola Livre de Teatro de Santo André (SP), que tem como pesquisa de linguagem o teatro negro, suas diásporas contemporâneas e suas materialidades invisibilizadas, não vistas no fazer teatral. A transmissão será pelo canal

https://www.youtube.com/channel/UCca6XQtb5o1Jr3KC1RlwaGQ. E o debate após a apresentação será pelo link: https://us02web.zoom.us/j/8312075254. Meeting ID: 831 207 5254 e passcode: 598563.

A Escola Livre de Teatro é um projeto da Prefeitura de Santo André, por meio da Secretaria de Cultura, dedicado à pesquisa cênica com o intuito de formar artistas por meio da vivência de processos criativos legítimos.

Serviço

Abertura do semestre da Escola Livre de Teatro

Dia 9, 19h30 - 'Teatro e coletividades, uma ética da escuta', com a escritora Leda Maria Martins

Dia 11, 19h30 - ‘Contos e cantos com Jéssica Areias’

Dia 13, 19h30 – Espetáculo ‘Desfazenda – me enterrem fora desse lugar’, com o coletivo O Bonde, com debate ao final

Transmissão pela plataforma Zoom

Atividades gratuitas

Mais informações: teatroconchita@gmail.com

eliane-silex-preto-po-90x90cm-01.jpeg.png