• Redação

Diadema realiza Semana Municipal da Alimentação

De 14 a 23/10 mais de 16 atividades vão acontecer na cidade. Entre os convidados, o deputado federal Patrus Ananias e a Dra. Patrícia Jaime coordenadora do Guia Alimentar para a População Brasileira.



Para lembrar o Dia Mundial da Alimentação, instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU), em todo dia 16 de outubro, a Prefeitura de Diadema realiza de 14 a 23/10 a Semana Municipal da Alimentação. O evento reúne uma série de atividades, gratuitas, entre elas mesa redonda, live, intervenções culturais, exposições de programas municipais, oficinas, ações de segurança alimentar e mutirão da saúde para beneficiários do Bolsa Família.

Para fazer tudo isso, a Secretaria de Segurança Alimentar, organizadora de Semana, contará com a parceria de sete secretarias municipais - Saúde, Esporte e Lazer, Cultura, Desenvolvimento Econômico, Educação, Assistência Social e Cidadania, Meio Ambiente - , do Fundo Social de Solidariedade de Diadema e de participantes convidados.

Outro propósito da Semana é refletir sobre a fome que voltou novamente a assolar o País, conscientizar sobre a alimentação nutricional e o meio ambiente. Ela também vai divulgar as ações de combate à fome que a Prefeitura vem realizando, desde o início do ano, no sentido de mitigar o problema em Diadema.

A Campanha Sua Vida Me Incomoda, que começou em abril passado, já distribuiu 270 toneladas de alimentos para mais de 40 mil famílias em extrema de pobreza em Diadema e o Cartão Merenda, outra ação municipal, tem levado comida para mais de 33 mil alunos da rede pública de ensino”, declara o secretário de Segurança Alimentar (SESA), Gel Antônio, citando duas ações implantadas nesse período.

Complementando a fala do secretário, a assistente da SESA, Luci Uliana, ressalta que Diadema é uma referência em segurança alimentar e que a questão é tratada, na cidade, como política pública que deve ser cada vez mais ampliada e melhorada. “É por isso que programas como Restaurante Popular e Banco de Alimentos e outras ações sobre alimentação saudável, criados há mais de 10 anos, estão funcionando até hoje. São iniciativas que buscam garantir o direito humano à alimentação, evitar o desperdício, e criar consciência de participação e cidadania entre os moradores”, disse.

Programação - A Semana Municipal da Alimentação terá como tema “Diadema Unida e Solidária: Alimento Seguro Agora Para um Amanhã Saudável”. As atividades começam na próxima quinta-feira, 14/10, às 19h, no auditório da Fundação Florestan Fernandes, com a apresentação de vídeo sobre ações realizadas no âmbito da segurança alimentar e entrega de certificados para 76 formandos do Projeto Cozinha Criativa. Eles fizeram o curso Cozinha Básica e o objetivo do Projeto é promover trabalho e renda.

As atividades seguem no dia 15/10, às 14h, com a live da Dra. Patrícia Jaime, vice -coordenadora do Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição e Saúde da Universidade de São Paulo (Nupens/USP), que falará sobre o “Guia Alimentar Para a População Brasileira”. Implementado pelo Ministério da Saúde, no ano de 2006, junto com o Nupens, o Guia instruir sobre a alimentação saudável, com foco na redução de doenças crônicas. Para assistir a live acesse: www.youtube.com/prefdiadema. Ainda no dia 15, às 16h, na Câmara Municipal, será realizada sessão solene para lembrar o Dia Mundial da Alimentação.

Dia 16/10, quando se comemora o Dia Mundial da Alimentação, na Praça da Moça, a partir das 14 h, haverá uma extensa programação. Além das tendas das secretarias municipais, divulgando seus programas, haverá venda de brigadeiro, feito de biomassa de banana, pelo Projeto Colmeia/CAPS Norte; apresentação do Mulheres em Movimento; distribuição de mudas de hortaliças pelos integrantes do Programa Agricultura Urbana; e intervenções artísticas pelo Projeto Cultura na Rua - música, circo, oficinas de artes e Busão da Cultura com biblioteca itinerante.

Campanhas cidadãs – No evento do dia 16/10, ainda, duas campanhas de combate à pobreza serão levadas à Praça da Moça, pelo Fundo Social de Solidariedade e a Secretaria de Assistência Social e Cidadania. “Sua Fome Me Incomoda”, para angariar alimentos não perecíveis, e o lançamento da campanha “Ciclo do Bem – Diadema em Defesa da Dignidade Menstrual”, para arrecadar absorventes para mulheres de baixa renda. Só no Brasil, 28% das mulheres, muitas delas adolescentes, deixam de frequentar à escola porque não podem comprar o higiênico.

No dia 19/10, às 19h, no Teatro Clara Nunes, a Semana prossegue com a mesa de debates - “Os Avanços e Perspectivas da Política de Segurança Alimentar e Nutricional”. Entre os convidados, o deputado federal Patrus Ananias, que foi ministro de Desenvolvimento Social e Combate à Fome e quem conduziu, no ano de 2004, a implementação do programa Bolsa Família.

Sal de Ervas - A Feira Noturna da Praça da Moça também está na programação da Semana da Alimentação. No dia 21/10, a partir das 19h, haverá apresentação musical, distribuição de folhetos sobre produtos de época e de sal de ervas pela equipe do Programa de Educação Alimentar e Nutricional de Diadema (PEAND). Junto com o saquinho de sal, vai a receita, muita fácil de fazer e barata.

Dias 16 e 23/10, nas 20 UBSs de Diadema, a Secretaria de Saúde fará mutirão com os beneficiários do Programa Bolsa Família, para acompanhamento e atualização dos cadastros. Também será feita avaliação de crescimento, pesagem, e avaliação nutricional das crianças das famílias atendidas pelo Programa.

Ainda serão realizadas na Semana Municipal da Alimentação, oficinas de Agricultura Urbana para moradores em situação de rua e multiplicadores do Programa Ação Compartilhada; oficina de Compostagem para integrantes das hortas comunitárias; aulas práticas do Projeto Cozinha Criativa; ações de educação alimentar e nutricional nos refeitórios municipais e feiras livres; e atividade sobre aproveitamento integral dos alimentos, com distribuição de doce da casca da melancia, nos restaurantes populares Serraria e Campanário.

eliane-silex-preto-po-90x90cm-01.jpeg.png