• Redação

Com artigos produzidos por profissionais locais, Casa do Artesão e Feira de Artesanato de S. Caetano

Que tal garantir o presente para o Dia das Mães com artigos únicos e personalizados, feitos manualmente, por artesãos da cidade? Em São Caetano do Sul, a Casa do Artesão e a Feira de Artesanato e Gastronomia são opções para quem quer qualidade e exclusividade com preços que cabem no bolso.

A Casa do Artesão “Reinaldo Joaquim Gomes”, localizada no centro da cidade, é o equipamento público de referência no fomento à produção local das artes feitas à mão. Criado pela Prefeitura em 2001, o espaço, que tem 143 metros quadrados, dispõe de milhares de itens à venda, de R$ 5 a R$ 500, em diversos materiais, como madeira, porcelana, tecidos variados e materiais recicláveis.


Fátima Singh, coordenadora da Casa, comenta que o movimento no local tem aumentado com a aproximação do Dia das Mães: “Desde a reabertura do espaço no dia 19 de abril (passada a Fase Emergencial para conter a disseminação da Covid-19), estamos recebendo mercadorias para presentear as mães. Até montamos uma mesa só com artigos para elas.”


O equipamento conta com aproximadamente 240 profissionais locais. Para expor, é preciso ser morador da cidade e levar o trabalho para a avaliação da Casa. Cada membro arca com um custo mensal de 10 reais mais 12% sobre o valor das vendas, que é destinado às despesas para a manutenção do espaço.


A artesã Márcia Marcão, há mais de 12 anos no local, vem produzindo peças voltadas para o Dia das Mães há dois meses. Ela considera o espaço uma vitrine profissional: “A Casa do Artesão me abriu muitas portas. Quando comecei a expor, também passei a dar aulas: para a Terceira Idade, no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) e no Fundo Social de Solidariedade. As pessoas ficaram conhecendo o meu trabalho e isso impulsionou meus rendimentos. Hoje o artesanato é a minha profissão, a minha fonte de renda.”


FEIRA DE ARTESANATO

A tradicional Feira de Artesanato & Gastronomia de São Caetano do Sul, localizada no Espaço Verde Chico Mendes, retomou as atividades no dia 1º de maio. Com cerca de 50% sobre sua capacidade total, acolheu a todos os aprovados no Edital de Chamamento Público n. 003/2020 que se manifestaram favoravelmente ao retorno. A participação dos expositores é totalmente gratuita.


Adriana Vecchier está na Casa do Artesão e na “Feirinha do Chico Mendes”, como é conhecida pelos frequentadores, desde 2018. “Retomamos as atividades no parque no último domingo. Foi bastante gratificante reencontrar clientes que já conheciam meu trabalho me agradecendo por ter retornado. As vendas foram muito boas e, agora, estou contando com o final de semana do Dia das Mães: irei no sábado e no domingo”, anima-se. A artesã acrescenta que possui uma clientela fiel que a procura mesmo quando não está na Feira.


A participação dos expositores é obrigatória aos domingos excetuadas datas comemorativas, nos sábados e feriados é facultativa. A Feira de Artesanato & Gastronomia de São Caetano do Sul foi instituída em 2003, por meio do Decreto Municipal 8.828, alterado pelos Decretos 10.949/16 e 11.402/19, e por regulamento próprio.


SERVIÇO

Casa do Artesão “Reinaldo Joaquim Gomes”

Rua Pará, 88, Centro

Tel.: 4229-9988

Funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h e, aos sábados, das 9h às 13h


Feira de Artesanato & Gastronomia de São Caetano do Sul

Espaço Verde Chico Mendes: Av. Fernando Simonsen, 566, Bairro São José

Funcionamento: sábados, domingos e feriados, das 10h às 17h (a participação dos expositores é obrigatória aos domingos, nos sábados e feriados é facultativa)


eliane-silex-preto-po-90x90cm-01.jpeg.png