• Redação

Atletas brilham no Campeonato Brasileiro Pré-Infantil e Juvenil de Ginástica Rítmica em São Caetano



São Caetano do Sul foi a sede do Campeonato Brasileiro Pré-Infantil e Juvenil de Ginástica Rítmica, primeira competição da CBG (Confederação Brasileira de Ginástica) desde que as disputas foram interrompidas devido à pandemia, em março de 2020. O torneio foi realizado de 12 a 15 de agosto, no Ginásio Milton Feijão, e registrou recorde de 140 ginastas, representantes de 14 estados.

“É muito importante para todos os atletas, treinadores, árbitros, clubes e federações estaduais. Muitas das ginastas da pré-infantil competiram pela primeira vez, porque antes da pandemia elas não tinham idade para participar. E boa parte das juvenis estrearam na categoria, que já é tão próxima da adulta”, afirmou a coordenadora técnica de Ginástica Rítmica da CBG, Márcia Aversani.


Para a coordenadora de Ginástica da SELJ (Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude), Maria Salete Meneghello, o evento foi um sucesso. “Foi uma competição excelente. Inclusive, a presidente da CBG (Luciene Resende) enviou um agradecimento especial ao secretário Mauro Chekin pela co-organização”, revelou, lembrando que não foi registrado nenhum caso de contaminação por coronavírus.

RESULTADOS

Pela categoria juvenil (13 e 14 anos), no Individual Geral Nível 1, a medalha de ouro ficou com Maria Eduarda Alexandre (Associação Toledana de GRD), a prata com Isadora Carnielle (AGIR) e o bronze com Emanuelle Felberk (Escola de Campeãs). No Individual Geral Nível 2, a campeã foi Sophia Silva (GNU), seguida por Júlia Nascimento (Unopar - prata) e Renata Diniz (GRM - bronze).

Na categoria 13 anos, o ouro foi para Ana Luiza Souza (AGRD Joinville), a prata para Letícia Lisboa (GNU) e o bronze para Laura Santos (FAE Osasco). Por equipes, ouro para Agir/PR, prata para Unopar/PR e bronze para GNU/RS.

Pelo pré-infantil (9 e 10 anos), a classificação ficou assim: Mãos Livres: ouro para Anna Julia Carvalho (Agir), prata para Isabella Asturian (Agir) e bronze para Anna Schiocchet (Agiblu); Corda: ouro para Anna Julia Carvalho (Agir), prata para Beatriz Vieira (Guaratinguetá) e bronze para Isabella Asturian (Agir); Bola: Letícia Machado (Agir - ouro), Anna Julia Carvalho (Agir - prata) e Amanda Busato (Instituto Dunamys - bronze).

eliane-silex-preto-po-90x90cm-01.jpeg.png