• Pretty Woman - Notícia e sensualidade

Após 5 meses, atriz Suzi Sassaki ressurge e fala sobre internação: “estava me afundando nas drogas”


Os últimos 5 meses foram bem desafiadores para a atriz e modelo Suzi Sassaki, 25 anos, que recentemente estava no programa ‘João Kléber Show’, da RedeTV. Acostumada com gravações, flashes e uma vida glamorosa, ela se viu internada em uma clínica terapêutica no interior de São Paulo para tratar a dependência química. Um assunto que ela guardava em segredo até então, inclusive da família.


Voltei dos EUA em novembro do ano passado para participar de um reality show aqui no Brasil, o Bela do Verão – da RedeTV – e quando meu pai me viu, disse que eu estava abatida, magra e estranha. Abri o jogo com ele e minha família decidiu cuidar de mim e me internar. Foi a melhor decisão que eles podiam tomar naquele momento, eu estava me afundando nas drogas e totalmente perdida”, conta.


Suzi conta que encontrou nas drogas um refúgio para esquecer dos problemas do dia a dia, da pressão de ser modelo e da busca desenfreada por estética e beleza. Ela também atribuiu sua dependência a uma vida solitária, que incluía muitas viagens, inclusive no exterior, para cumprir sua agenda profissional.


Muita gente acha que vida de modelo é só glamour, mas não é. Longe disso. Existe muita pressão por padrões de beleza. Existem muitas comparações, frustrações e muita solidão. E dependência não é brincadeira. Eu não tinha noção que estava doente. É um assunto muito complexo, difícil de explicar e que ainda é cercado de tabus. Achei que fosse morrer, estava sofrendo calada”, desabafa.


Seguindo à risca o tratamento terapêutico na clínica Rosas de Saron, Suzi recebeu alta essa semana e voltou para a casa da família. Agora, ela tem novos planos. Quer tirar um tempo para descansar ao lado do pai, fazer um curso para se tornar terapeuta e ajudar outras pessoas, em especial modelos que passam pela mesma situação.


É como se fosse um chamado. Senti que a minha missão é ajudar outras pessoas por meio do meu tratamento. Hoje estou renovada, pronta para uma nova vida, mas chegar até aqui não foi fácil. Não penso em voltar à TV, nem penso em modelar de novo. Minha prioridade agora é me manter saudável e inspirar outras mulheres que também sofrem com a dependência química”.


Fotos: Mari Araújo / Edu Graboski / Divulgação

eliane-silex-preto-po-90x90cm-01.jpeg.png