• Redação

Abertura de 1.132 empresas no primeiro quadrimestre aquece a economia de São Caetano


Apesar do momento difícil por conta da pandemia do coronavírus, São Caetano do Sul mantém a economia aquecida. A cidade registrou saldo positivo de 869 empresas constituídas entre janeiro e abril de 2021. Neste período, foram abertos 1.132 novos empreendimentos e encerradas as atividades de 263 empresas.

Os dados da Sedeti (Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo, Tecnologia e Inovação) dão indícios de retomada econômica no município.

“São Caetano está em um processo de retomada. A economia se fortalece na medida em que há a flexibilização das restrições ao comércio, por exemplo. As pessoas voltam a circular, sempre com os devidos cuidados e respeitando os protocolos de distanciamento e higiene”, ressalta o prefeito Tite Campanella.

O secretário da Sedeti, Fernando Trincado, destaca a ampliação dos MEIs (Microempreendedores Individuais). “Os 525 novos MEIs representaram 46,4% do total de empresas abertas no período. Estes números reforçam a importância dos programas de apoio ao empreendedor oferecidos pela Sedeti.”

BAIRROS

Dos 1.132 empreendimentos abertos nos quatro primeiros meses de 2021, 182 estão no Bairro Santa Paula. Em seguida vêm os bairros Cerâmica (115), Santa Maria (97), Oswaldo Cruz (91), Olímpico (89), Centro (85), Barcelona (83), Santo Antônio (81), Nova Gerty (71), Boa Vista (67), Fundação (52), Mauá (50), São José (36), Jardim São Caetano (23) e Prosperidade (10).

eliane-silex-preto-po-90x90cm-01.jpeg.png